NQI ANVISA. Saiba o registro do NQI na ANVISA.

Suplemento Store - NQI Online 

  
 
 

     

     

          A melhor loja de Suplementos da Internet                                                                                        

 

 

Emagrecer com Cromo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O produto NQI é um suplemento mineral à base de fósforo (combinação específica de fosfatos). Este suplemento é fabricado e comercializado pela empresa Gauer do Brasil desde 1991, não possuindo nenhum histórico de contra indicações ou efeitos colaterais ocorridos devido a seu uso.


IMPORTANTE:

A partir de janeiro de 2011, devido a nova resolução da ANVISA editada no dia 6 de Agosto de 2010 (Resolução-RDC 27/2010), suplementos minerais passaram a ser dispensados de registro.

A Gauer do Brasil, fabricante do produto NQI, segue todas as normas e resoluções do Ministério da Saúde. O produto está enquadrado pela ANVISA como um suplemento mineral, desta forma, tendo sido dispensado da manutenção de registro a partir de janeiro de 2011.

 

 

Até o final de 2010, o suplemento mineral NQI estava registrado na ANVISA sob número 6.6450.0007.001-8. A partir de janeiro de 2011, devido a uma nova resolução da ANVISA editada no dia 6 de Agosto de 2010 (Resolução-RDC 27/2010), suplementos minerais passaram a ser dispensados de registro.

 

A Gauer do Brasil, fabricante do NQI, possui uma tradição de mais de 20 anos, sempre investindo em pesquisas e seguindo todas as normas e resoluções do Ministério da Saúde. O NQI está enquadrado pela ANVISA como um suplemento mineral que não possui contra indicações e não causa efeitos colaterais, por este motivo, a partir de janeiro de 2011 foi dispensado da manutenção de registro.

 

 

 

 

 

 

NQI - Núcleo Quelado Inteligente

 

"O NQI é um produto revolucionário a base de uma combinação de fosfatos, que já vinha sendo utilizado e avaliado clinicamente desde antes de 1999 pelo médico, cientista e professor Dr. Gauer. O produto recebeu o nome de Núcleo Quelado Inteligente (NQI) devido a sua composição e propriedades. Durante os anos de 1999 a 2003 o composto foi sendo aperfeiçoado com base nos estudos clínicos e na análise dos pacientes através da iridossomatologia (método inovador dentro da iridologia que permite diagnosticar de maneira precisa a causa das doenças através da íris). Chamamos de mineral quelado todo íon mineral ligado a um aminoácido (glicina, arginina, lisina). Os minerais na forma quelada apresentam melhor absorção, são absorvidos sem ionização no processo digestivo e são muito bem tolerados (não gerando efeitos colaterais)".

NQI é um suplemento mineral com função antioxidante e solubilizante sem igual. Uma combinação de fosfatos benéficos a saúde.

 

Devido a um princípio ativo único e sem similar, o NQI possui dupla ação:

 

Ação Antioxidante - Combate os radicais livres.

 

Ação Solubilizante - Devolve a solubilidade aos minerais precipitados nos tecidos.

 

O  NQI é um produto natural usado como suplemento nutricional capaz de combinar-se com íons minerais, graças à formulação que mantém a sua estabilidade

Os fosfatos presentes na formulação do NQI protegem seu organismo contra os efeitos nocivos dos radicais livres, da deposição de minerais e das cristalizações.

O NQI é excelente para a melhora da memória, da disposição física e mental.

Dra. Regiane Corcini de Melo

CRN8 5227 

 

Dra. Maria Eugenia Ditzel

CRN8 3103

 

O médico Dr. Rodolfo Salamuni, reumatologista, tem recomendado o uso do NQI para todos os seus pacientes que sofrem de gota, artrite, artrose e cálculos renais. Segundo ele, o suplemento deveria ser utilizado sem restrições por todas as pessoas acima dos 40 anos de idade. "Como um suplemento nutricional antioxidante e solubilizante, é incontestável os inúmeros benefícios que o NQI causa no organismo de quem o utiliza", complementa o Dr. Salamuni.
 

Para o Dr. Manuel Ruedas Guerrero, responsável pela área de ortopedia e traumatologia do Hospital Evangélico, o NQI representa uma evolução no tratamento da artrite e da artrose. "Recomendo o NQI aos meus pacientes, porque sei dos diversos benefícios que o produto causa no organismo", explica o Dr. Ruedas.

Dr. Manuel Ruedas Guerreiro - CRM 9775

 

"Obviamente que a eficácia e o tempo de dissolução vai depender do tamanho das pedras, da constituição, da quantidade de substâncias inibidoras ou formadoras de depósitos minerais cristalizados na urina, dentre outros fatores ligados ao funcionamento de cada organismo", informa o Dr. Bernardo H. Garcia - Médico Nefrologista.

 

 

Dr. Carlos Luis Lunardi - CRM 10984 

 

O Dr. Carlos Luis Lunardi, um dos médicos mais conceituados de Santo Ângelo no Rio Grande do Sul, especialista em Gastroenterologia e medicina Ortomolecular, vem indicando para seus pacientes o produto NQI como um potente antioxidante, energizante e solubilizante, observando excelentes resultados  a mais de 17 anos.

 

O NQI neutraliza os radicais livres, impedindo a deposição de cristais nas articulações, responsáveis por processos inflamatórios e dolorosos, conhecidos como artrite.

Os fosfatos presentes na composição do NQI equilibram a fosfatase e atuam como reguladores biológicos do armazenamento do cálcio, contribuindo decisivamente na sustentação da homeastase.

O NQI age no organismo como um antioxidante e solubilizante natural, promovendo a varredura de radicais livres e a eliminação de minerais depositados no organismo.

Os resultados obtidos com o uso dos fosfatos que compõe o NQI são comprovados através de diversos trabalhos científicos, análises clínicas e laboratoriais.

O NQI é um suplemento alimentar concentrado. Seu uso, mesmo em doses elevadas, não apresenta efeitos colaterais já que não existe princípio farmacológico ativo.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) os fosfatos agilizam o raciocínio, fortificam a memória, tem efeitos surpreendentes em várias doenças. Atuam como reguladores biológicos do armazenamento do cálcio, restabelecem a integridade celular, devolvem a elasticidade arterial, eliminam a preguiça mental, eliminam os efeitos lesivos (sais insolúveis) decorrentes da ligação óxido + água = ácido, equilibram a fosfatase, dentre outros benefícios.

Em 2011, a Gauer do Brasil, empresa fabricante do NQI, recebeu uma homenagem do ator Stênio Garcia falando sobre o produto. Esta homenagem você confere logo abaixo:

 

 

PERGUNTAS E RESPOSTAS A DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE O NQI

 

1) O que é o NQI?

É um suplemento mineral (nutricional) a base de fósforo (combinação de fosfatos).

 

2) NQI é um medicamento fitoterápico ou alopático?

Não. O NQI não é um medicamento e sim um suplemento nutricional, que possui uma composição específica de fosfatos.

 

3) Quem é o fabricante do produto NQI?

O NQI é produzido a mais de 10 anos pela Gauer do Brasil Nutrition Center (www.nqi.com.br). A empresa está localizada na região metropolitana de Curitiba, em uma área industrial de São José dos Pinhais no Estado do Paraná.

 

4) O NQI possui bula?

Não. Apenas medicamentos alopáticos e fitoterápicos possuem bula. O NQI é um suplemento nutricional e não um medicamento, por este motivo não possui bula. As informações importantes quanto ao uso e advertências estão impressas em sua embalagem.

 

5) Quais são as informações de uso e advertências que estão impressas na embalagem?

Modo sugerido de uso: Tomar 4 cápsulas ao dia, preferencialmente em jejum (antes da primeira refeição) de uma só vez.

Advertências: Gestantes, crianças e nutrizes de até três anos, somente devem consumir suplementos nutricionais sob orientação de nutricionista ou médico.


6) Qual a diferença entre o fósforo contido no
NQI com o fósforo presente em outros produtos?

Fósforo é uma denominação genérica para combinações de fosfatos. O fósforo presente na composição do NQI é oriundo de uma combinação específica de fosfatos que não possuem contraindicações, mostrando-se benéficos a saúde.

 

7) Existem fosfatos negativos para a saúde?

Sim, existem fosfatos negativos e que são inclusive geradores de doenças. É o caso do fosfato amoníaco magnesiano (estruvita) e o fosfato de cálcio. Existem também fosfatos que são tóxicos, como o trissódico por exemplo, utilizado como agente de limpeza e que pode intoxicar o organismo humano. São muitos os tipos de fosfatos existentes e muitos deles trazem diversos malefícios a saúde.

 

8) O NQI possui em sua composição algum destes fosfatos negativos para a saúde?

Não. Esta laboratorialmente comprovado que os fosfatos utilizados na composição do NQI são todos benéficos para a saúde.


9) Os alimentos que ingerimos contem os fosfatos presentes na composição do
NQI?

Alguns alimentos contem fósforo, mas em outras composições. Os fosfatos presentes no NQI são encontrados na alimentação em quantidades ínfimas (praticamente nulas). Além disso, não existe na natureza um alimento que forneça exatamente a mesma composição de fosfatos encontrados no NQI. Daí a necessidade de suplementação.


10) Utilizando o
NQI corro o risco de sobrecarregar meu organismo com fósforo?

Não. O produto passou por testes de toxidade no TECPAR. A recomendação de uso está de acordo com o Ministério da Saúde (ANVISA) e o produto é um suplemento natural sem contra-indicações. A combinação de fosfatos presentes na composição do NQI é absolutamente segura.


11) Porque estes fosfatos são tão necessários para o organismo?

Devido a sua importante participação nos processos químicos que ocorrem em nosso organismo. Fosfatos são o princípio químico que a célula utiliza para degradar os carboidratos (que são a nossa alimentação básica) e transformá-los em energia (ATP).


12) Qual a dosagem indicada do
NQI?

O ideal são 4 cápsulas ao dia.


13) Existem contra-indicações no uso do
NQI?

Não, o produto não possui contra-indicações. Não existe nenhum registro de efeito colateral relacionado ao uso do produto. Por recomendação geral do Ministério da Saúde: Gestantes (mulheres grávidas), nutrizes (mulheres amamentando) e crianças até três anos, somente devem consumir qualquer tipo de suplemento nutricional sob orientação de nutricionista ou médico.


14) O uso do
NQI engorda? O NQI possui calorias?

Não, o NQI não engorda e não possui calorias.


15) O
NQI é um produto para tratamento de doenças?

Não. Apesar de já termos recebido muitos relatos sobre sua eficácia em alguns casos, o NQI é um suplemento nutricional e não um medicamento para tratamento de doenças.


16) Quem está utilizando o
NQI pode consumir bebidas alcoólicas?

Sim, o produto é um suplemento mineral e não um medicamento. Não existe nenhum tipo de restrição relacionada ao consumo de bebidas alcoólicas quando se utiliza o NQI. O uso do produto também não causa nenhum tipo de restrição alimentar.


17) Meu médico ou nutricionista não conhece o produto
NQI, o que devo fazer?

Caso seu médico ou nutricionista não conheça o NQI, solicite a ele que informe-se sobre o suplemento . Vale lembrar que este produto não possui contra-indicações e para utilizar suplementos nutricionais não existe a necessidade de prescrição médica. A Gauer do Brasil é um laboratório reconhecido nacionalmente e que produz suplementos nutricionais voltados para o aumento da qualidade de vida, elaborados com base em pesquisas científicas e alta tecnologia.


18) Qual o melhor horário para tomar o
NQI?

De preferência pela manhã em jejum (até 20 minutos antes da primeira refeição).


19) O
NQI pode ser tomado durante as refeições?

Tomar em jejum vai acelerar e facilitar a absorção no intestino (precisamente no duodeno), potencializando os efeitos do produto, porém, não ocorrera nenhum problema caso o NQI seja ingerido ao longo do dia juntamente com outros alimentos.


20) Porque tomar
NQI?

Seu organismo pode estar apresentando problemas ocasionados pela falta de fosfatos. Além de suprir a carência dos fosfatos o NQI não possui contra indicações.


21) Existem benefícios quanto ao uso dos fosfatos?
A ciência conhece desde 1910 a importância do fósforo e suas propriedades. Desde 1960 são conhecidos os compostos quelantes, entre eles os hexafosfatos, que dão origem à fórmula do
NQI. O produto já é utilizado a mais de 10 anos, sendo muito popular entre terapeutas e médicos que utilizam terapias naturais.

 

Existem diversos trabalhos acadêmicos publicados que apontam os benefícios quanto ao uso de fosfatos. 

 

Materiais Científicos (em pdf):  

 
 
Free Radicals and the main dietary antioxidants.(Radicais Livres e os principais antioxidantes da dieta).
 

Phosphorus, Regulation of Plasma Calcium, and Secondary Hyperparathyroidism: A Hypothesis to Integrate a Historical and Modern Perspective.

Oxidative Stress and  Calcium-Phosphorus levels in rheumatoid arthritis

Effects of supplementation and food fortification on mineral bioavailability.(Efeitos da suplementação e da fortificação de alimentos sobre a biodisponibilidade de minerais).

 

DRI: Commented note of the new nutritional recommendations for dietary antioxidants. (DRI: Síntese comentada das novas propostas sobre recomendações nutricionais para antioxidantes).
 
 

Dietetic Antioxidants: controversies and perspectives.(Antioxidantes Dietéticos: Controvérsias e perspectivas).

 


Nephrolithiasis and Osteoporosis Associated with Hypophosphatemia caused by mutation in the type 2a Sodium Phosphate Cotransporter

 

Análise Laboratorial

Análises laboratoriais do produto NQI (ensaio Nº 52.260 – 99007287 de 01 de setembro de 1999) foram realizadas no TECPAR (Instituto de Tecnologia do Estado do Paraná).

Links de outros trabalhos Científicos relacionados ao uso de fosfatos

University of Maryland Medical Center:

http://www.umm.edu/altmed/articles/phosphorus-000319.htm

 

Medline:

 


 

BIBLIOGRAFIAS
 

 
 

 
 

 

 

 

 

Bibliografias que demosntram os benefícios relacionados ao uso da combinação de fosfatos presentes no NQI:

  • ALLEN, J C & HAMILTON, R J. Rancidity in foods. London : Applied Science. Pg. 199, 1983.
  • BATAILLE, P; ACHARD, JM; FOURNIER, A; BOUDAILLIEZ, B; WESTEEL, P F, ELESPER, N. Diet, vitamin D and vertebral mineral density in hypercalciuric calcium stone formers. Kidney Int. Vol. 39. No. 6. Pg. 1193-1205, 1991.
  • BLAIR, S. Prova de esforço e prescrição de exercício: ACMS (American College of Sports Medicine). Rio de Janeiro: Revinter, 1994.
  • CONSTANZO, L S. Regulation of calcium and phosphate homeostasis. Physiology Education. Vol. 20. Pg. 5206-5216, 1998.
  • BORGES, V C ; FERRINI, M T; CAMPOS, F G; WAITSZERG, D L ;OLIVEIRA, G P C; BOTTONI, A. Minerais. In Nutrição oral, enteral e parenteral na prática clínica.3.ed. São Paulo: Editora Atheneu. Pg. 117, 2004.
  • BURGOS, F J; GÓMEZ, V; DAPENA, F. Controvérsias actuales em La litiasis urinaria. Rev. de Nefrol. Vol. XVIII. Supl. 6. Pg. 62-70, 1998.
  • CERQUEIRA, F; MEDEIROS, M; AUGUSTO, O. Antioxidantes dietéticos: controvérsias e perspectivas. Química Nova. Vol. 30. No. 2. Pg. 441-449, 2007.
  • DECHENES, M R. Effects of Aging on Muscle Fibre Type and Size. Sports Medicine.Vol. 34. Pg. 809-924, 2004.
  • ERENEL, G., ERBAS, D., ARICIOGLU, A. Free radicals and antioxidant systems. Materia Medica Polona, Warsaw. Vol.1. No. 85. Pg. 37-43, 1993.
  • FELIPPE JR, J. Fósforo em pronto-socorro e UTI. Rev. Assoc. Bras. de Med. Compl., 2004.
  • FELSENFELD, A J & RODRIGUEZ, M. Phosphorus, regulation of plasma calcium and secondary hyperparathyroidism: a hypothesis to ingrate a historical and modern perspective. J Am. Soc. Nephrol. Vol. 10. Pg. 878-890, 1999.
  • GAUER, A V. Ensaio in vitro - fosfatos: combinações e seus benefícios. Monografia de estudo, 1998.
  • GORZONI, M L; RUSSO, M R. Envelhecimento Respiratório. In: FREITAS, E V; PY, L; NERI, A L; CANÇADO, F A X; GORZONI, M L; ROCHA, M. Tratado de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.
  • GOMES, P N. Profilaxia da litíase renal. Acta Urol. Vol. 22. No 3. Pg. 47-56, 2006.
  • GREENFIELD, S & CLIFT, M. Analytical chemistry of the condensed phosphates. International series in analytical chemistry. Pergamon Press. Vol. 57. Pg. 155, 1974.
  • HOURANT, P. General properties of the alkaline phosphates. Major food and technical applications. Proceedings of IMPHOS. Phosphorus research bulletin. The journal of phosphorus chemistry. Vol. 15. No esp. Pg. 85-94, 2004.
  • KIM, H Y et al. Pharmaceutical composition or health food having antioxidazing comprising polyphosphate as on effective ingredient international application. Published under the patent comp. Treaty (PCT). World Intellectual Property Organization, 2004.
  • KORNBERG, A; RAO, N N; AULT-RICHÉ, D. Inorganic polyphosphate: a molecule of many function. Annual review of biochemistry. Vol 68. Pg. 89-125, 1999.
  • LANIGAN, R S. Final reporto n the safety assessment of sodium metaphosphate, sodium trimetaphosphate and sodium hexametaphosphate. Int. Journal of Toxicol. No. 20. Supl. 3. Pg. 75-89, 2001.
  • LAURENTI, R. Transição demográfica e transição epidemiológica. In: Anais do I Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Campinas, 1990.
  • LORENZ, B et al. Anti-HIV-1 activity of inorganic polyphosphates. J acquir. Immun. Defic. Synd. Hum. Retrovirol. Vol. 14. No. 2. Pg. 110-118. Fev, 1997.
  • MARDEGAN, L C. Cristais de pirofosfato de cálcio e osteoartrite de joelhos. Dissertação de mestrado apresentada à Pós Graduação da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, 2008.
  • MATSUDO, S M M. Envelhecimento e atividade física. Londrina: Midiograf. Pg. 195, 2001.
  • MC ARDLE, W D; KATCK,F I; KATCK, V L. Fisiologia do Exercicio: energia, nutrição e performance humana. Rio de Janeiro: Interamerica, 1985.
  • MC DOWELL, L R. Minerals in Animal and Human Nutrition. Ed. L.R. McDowell. Academic Press. Pg. 27-77. New York, 1992.
  • MORROW JR, J R; JACKSON, A W; DISCH,J G; MOOD, D P. Medida e avaliação do desempenho humano. Porto Alegre: ARTMED. Vol. 11. Pg. 201 - 212, 2003.
  • NAMIKI, M. Antioxidants/antimutagens in food. Journal of Nutrition, Boca Raton. Vol. 29. No. 4. Pg. 273-300, 1990.
  • NEGRI, A L. El eje hueso-riñon em El control Del fósforo sérico y La mineralización ósea. Rev. Arg. de Endoc. Y Metabol. Vol. 44. No. 2. Pg. 86-93, 2007.
  • PAK, C Y. Phisiologic basis for absortive and renal hypercalciurias. AmJ Phisiology. Vol. 237. Pg. 415-423, 1979.
  • PARKS, J H & COE, F L: The financial effects of kidney stone prevention. Kidney Int. Vol. 50. Pg. 1706-1712, 1996.
  • PASSARELLI, M C G. O Processo de envelhecimento em uma perspectiva geriátrica. O mundo da Saúde. Vol. 21. No. 4. Pg. 208 - 212, 2000.
  • PEREIRA, J C B. Estudo físico-químico do polifosfato de sódio visando sua aplicação em formulações para nutrição parenteral. Dissertação de mestrado para o programa de pós-graduação em ciências farmacêuticas - UFPE, 2007.
  • PEREIRA, S R M & MENDONÇA, L M C. Osteoporose e Osteomalácia. In: FREITAS, E V.; PY, L; NERI, A L; CANÇADO, F A X; GORZONI, M L; ROCHA, M. Tratado de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.
  • PERES, L A B; SULFADANI, M T; YASSUDA, Fº P; BEPPU, A P K; ARAÚJO, Fº E R; VICENZI, G; YAMAMOTO, R Y T. Hipercalciúria como causa de litíase do trato urinário em adultos. Um estudo de 288 casos. Rev. Méd. Res. Vol. 11. No. 2. Pg. 69-72, 2009.
  • PESSOA NETO, O D. Determinação de fósforo em tônicos e fortificantes por fotometria de chama usando um titulador fluxo-batelada. Dissertação de mestrado para o programa de pós-graduação em química - UFPB, 2006.
  • RAMOS, R L. A exploração demográfica da terceira idade no Brasil: uma questão de saúde publica. Gerontologia. Vol.1. Pg. 3-8, 1993.
  • RASHCHI, F & FINCH, J A. Polyphosphates: a review their chemistry and application with particular reference to mineral processing. Mineral engineering. Vol. 13. No. 10-11. Pg. 1019-1035, 2000.
  • RICE-EVANS, C & BURDON, R. Free radical-lipid interactions and their pathological consequences.Progress in Lipid Research, Oxford. Vol.32. No. 1. Pg.71-110, 1993.
  • RODRIGUEZ, M H. & GALLEGO, A S. Tratado de nutrición. Edicione Díaz de Santos. Madri, 1999.
  • ROUSSAUD, X & PEDRAJAS, A. Estudio epidemiológico de la urolitiasis en España. Grupo Urolitiasis. Asociación Española Urología. Ed. Centro de Estudios. Wellcome. Madrid, 1986.
  • SAUCIE, J M; COATES, R J; MC CLELLAN, W. Relation between geographic variability in kidney stones prevalence and risk factors for stones. Am J Epidemio. Vol. 143. Pg. 487-495, 1996.
  • SOARES, S E. Ácidos fenólicos como antioxidante. Ver. Nutr.. Vol. 15. No. 1. Pg. 71-81. Campinas. Jan/Abr, 2002.
  • TISELIUS, H G; ACKERMAN, D; ALKEN, P. EUA Guidelines on urolithiasis. Eur Urol. Vol. 40. Pg. 362-371, 2001.
  • ÜNAL, S B; ERDOGDU, F; EKIZ, H I. Effect of temperature on phosphate diffusion in meats. Journal of food engineering. Vol. 76. No. 2. Pg. 119-127, 2006.
  • VAN WAZER, J R & CALLIS, C F. Metal complexing by phosphates. Chemical review. Vol. 58. No. 6. Pg. 1011-1046, 1958.
  • WARBURTON, D E R; NICOL, C W.; BREDIN, S S D. Health benefits of physical activity. Canadian Medical Association Journal. Vol. 174. Pg. 801-809, 2006.

  

 

 

Ainda tem alguma dúvida sobre este produto? Fale com nossas nutricionistas.

 

Envie um e-mail com as suas dúvidas e uma de nossas nutricionistas responde para você.

 

 

 

 

 

 

 

 

PORQUE COMPRAR NA SUPLEMENTO STORE

 

 É A MELHOR OPÇÃO?

 

- A Suplemento Store aceita diversas formas de pagamento (depósito identificado, boletos, cartões de crédito).

- Nos cartões de crédito você pode comprar em até 6 vezes sem juros.

- A descrição dos produtos possuem informações completas para a melhor decisão de compra.

- Todo o estoque da Suplemento Store é mensalmente renovado.

- Todo o estoque é armazenado em ambiente apropriado.

- Assim que efetuado o pagamento o pedido é despachado de forma rápida e segura.

- Total segurança em sua compra com criptografia em 128Bits.

- Responsabilidade e alta credibilidade.

- Rastreamento do seu pedido até sua casa.

- Descontos e promoções diariamente.

- Telefone para contato e Televendas informado no site - (41) 3081-5238.

- Endereço físico informado no site.

- Nutricionistas de plantão para esclarecer todas as suas dúvidas.

- Além do site, e-mails e telefone, a Suplemento Store disponibiliza atendimento online via chat próprio.

- A Suplemento Store realiza pesquisas periódicas de opinião sobre a qualidade dos serviços.
Evite comprar em sites que:

 

- Trabalham com produtos proibidos, suspeitos ou sem registro na ANVISA.

- Não possuam nutricionistas ou profissionais da área de saúde que possam lhe orientar e esclarecer suas dúvidas.

- Não apresentem endereço e telefone fixo no site da loja.

- Não possuem uma política de privacidade explícita e satisfatória.

- Não possuam certificado de segurança no site da loja.

- Não informem endereço físico completo.

- Não ofereçam serviço de pós venda.

 

 

 

 

 

A maior distribuidora de NQI agora é da Suplemento Store
A melhor loja de Suplementos e produtos naturais da internet.

 

 

 

telefone

(0xx41) 30815238

Atendimento de Segunda à

 Sexta das 09h00 às 17h00.

 

LiveZilla Live Help

Suplemento Store no Twitter

 

Suplemento Store entrega em todo o Brasil

 

NQI preco

 

Vinovit

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pedra na vesícula  NQI funciona   cálculo biliar   cálculo renal   pedra nos rins   cogumelo do sol     NQI

pedra no rim

artrite e artrose

rowachol

 

 
 FORMAS DE PAGAMENTO ACEITAS
 

 
Aceitamos todos os cartões de crédito e transferências bancárias.
 
  

Despachamos para todo o Brasil - Vendas sujeitas à análise e confirmação de dados.

Os preços, as promoções, o frete e as condições de pagamento divulgados no site são válidos apenas para compras feitas pela internet ou televendas.

 


Televendas: (41) 3081-5238, de segunda à sexta (exceto feriados), das 09h00 às 17h00.

 
 
Rua Izabel A Redentora, 1826 - Sala 05 - São José dos Pinhais - Paraná - Brasil - CEP 83.005-010 

 

 

As informações contidas neste site não devem ser usadas para automedicação e não substituem, em hipótese alguma, as orientações dadas pelo profissional da área médica. Somente o médico está apto a diagnosticar qualquer problema de saúde e prescrever o tratamento adequado. Ao persistirem os sintomas, um médico deverá ser consultado.


 SUPLEMENTO STORE - © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados.
 

NQI        NQI CALCULO RENAL          NQI ONDE COMPRAR          NQI PRECO          NQI BULA          NQI COMPOSIÇÃO        NQI FUNCIONA            NQI COMO TOMAR      NQI ENGORDA    NQI É BOM    NQI POWER    NQI e NQI POWER    NQI ANVISA     REMÉDIO NQI     NQI BENEFÍCIOS     NQI CONTRA INDICAÇÕES     NQI PEDRA NOS RINS     FORMULA DO NQI     NQI EFEITOS COLATERAIS

NQI ANVISA